SIMPLEX dá nova machadada no Notariado, em menos de um mês

Os notários bem podem pôr as barbas de molho. E os advogados também…
Depois do projecto de eliminação das escrituras de compra e venda de imóveis, o Governo anunciou que vai criar repartições para, de forma simplificada, tratar de problemas sucessórios, nomeadamente da partilha de bens.
A notícia está no site do Ministério da Justiça.
Curiosa a antinomia política: enquanto na Justiça o Estado procura reduzir o seu peso, chutando para os meios alternativos o que pode, na área dos registos «engorda» a administração, procurando fazer tudo o que dê rendimento a outros.
O drama é que, por regra, o faz sem pessoal qualificado, quando há para aí dezenas de licenciados em direito, à procura da côdea do apoio judiciário.
Compartilhar

Leave a Reply