SEF endurece fiscalização

No decurso do primeiro mês de 2007, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras realizou um conjunto de acções de fiscalização na zona de Lisboa, de onde resultaram sanções a 24 empresas que dão trabalho a estrangeiros não autorizados a permanecer no País. Aos infractores foram aplicadas coimas por terem ao seu serviço imigrantes ilegais, tendo ainda que pagar as despesas do seu eventual afastamento compulsivo do país. Em resultado da acção fiscalizadora em Lisboa, o SEF aplicou às entidades empregadoras infractoras coimas no valor de 64 mil euros.
A lei portuguesa é muito exigente no que se refere à legalização de estrangeiros que pretendam trabalhar em Portugal.
Todavia, desde que haja um acordo efectivo entre uma entidade patronal e um candidato ao emprego, é, normalmente, fácil obter tal legalização.
Aconselhamos os que pretendam empregar-se em Portugal a respeitar rigorosamente as leis do País. É mais fácil ficar legal do que ilegal.
Ler mais
Compartilhar

Leave a Reply