PSD acusado de financiamentos ilegais

O PSD, a Somague e a Brandia Creating, que detinha a Novodesign, arriscam coimas de perto de 3,5 mil a um milhão de euros por terem violado a lei do financiamento dos partidos políticos.
Em acórdão de 27 de Junho, o TC deu como cabalmente provado que a Somague pagou uma factura no valor de 233.415 euros por serviços prestados ao PSD e à JSD pela empresa Novodesign, embora afirme “ignorar o que fundamentou tal liberalidade”, refere o acórdão, de 27 de Junho passado.

Fonte: Público

Compartilhar

Leave a Reply