Portugal retira reserva em matéria de branqueamento de capitais

Aviso n.º 33/2007, D.R. n.º 43, Série I de 2007-03-01 – Ministério dos Negócios Estrangeiros ~Torna público ter a República Portuguesa formulado junto do Secretário-Geral do Conselho da Europa, em 14 de Abril de 2005, a retirada da reserva constante do instrumento de ratificação, depositado em 19 de Outubro de 1988, à Convenção Relativa ao Branqueamento, Detecção, Apreensão e Perda dos Produtos do Crime, concluída em Estrasburgo em 8 de Novembro de 2000.
Compartilhar

Leave a Reply