Perda de confiança abala sistema financeiro

A queda da confiança no sistema financeiro e a falta de credibilidade das respostas políticas podem conduzir a uma venda de papel a qualquer preço e a uma corrida aos depósitos bancários.
Os mercados bolsistas estão completamente descredibilizados e muitos investidores manifestam-se disponiveis para vender os seus papeis a qualquer preço, porque vender barato é melhor do que perder tudo. Titulos que não ofereçam qualquer rendimento ou que ofereçam rendimentos muito baixos, tendem a desvalorizar, esmagados pelo efeito da subida das taxas de juro.
No que se refere aos depósitos, as afirmações de vários governos no sentido de que os mesmos estão garantidos podem ter provocado um efeito perverso, chamando a atenção dos depositantes para um risco que ninguém julgava tão próximo. O facto de os bancos não retribuirem depósitos a prazo nem com pré-aviso poderá motivar os particulares e mesmo as empresas para guardar o dinheiro em casa, na perspectiva de o poderem rentabilizar, perante as perspectivas de escassez de crédito que a conjuntura potencia.
A conjuntura é favorável à instalação de novos bancos e de instituições de crédito que se dediquem ao comércio bancário, assumindo com os depositantes o compromisso de não alocarem os recursos a negócios especulativos. Pode ser esse o caminho alternativo a um sistema financeiro em falência.

Compartilhar

Leave a Reply