O princípio da privatização das estradas…

Estão criados os mecanismos para transformar as estradas num fabuloso negócio. Depois da criação da sociedade anónima que as vai gerir e do contrato de concessão agora publicado só falta privatizar, colocando as acções no mercado.
Foi hoje publicado o Diário N.º 226, Suplemento (38 pág. 570 KB) que contém a Resolução do Conselho de Ministros n.º 174-A/2007, D.R. n.º 226, Série I, Suplemento de 2007-11-23, a qual aprova a minuta do contrato de concessão do financiamento, concepção, projecto, construção, conservação, exploração, requalificação e alargamento da rede rodoviária nacional a celebrar entre o Estado Português e a EP – Estradas de Portugal, S. A..

Compartilhar

Leave a Reply