Mais de 30 milhões de euros para serviços informáticos

O Ministério da Saúde vai gastar mais de 30 milhões de euros na contratação de serviços informátivos, visando a conferência das receitas médicas. É o que parece resultar da
Portaria n.º 711/2007, D.R. n.º 111, Série I de 2007-06-11 – Ministérios das Finanças e da Administração Pública e da Saúde – que autoriza o conselho de administração da Administração Central do Sistema de Saúde, I. P., a iniciar procedimento de concurso público para adquirir bens e serviços para a criação e gestão do centro de conferência de facturas de medicamentos, de meios complementares de diagnóstico e terapêutica e de outras prestações complementares.
Compartilhar

Leave a Reply