Executado alto funcionário chinês acusado de corrupção

Um ex-diretor da agência que supervisionava o organismo regulador da industria farmacêtica e da segurança alimentar na China, Zheng Xiaoyu, foi executado na manhã desta terça-feira (noite de segunda-feira, pelo horário de Portugal), segundo informações da agência de notícias estatal Xinhua.
Zheng, que comandava a Administração Estatal de Alimentos e Medicamentos (AEAM), fora condenado à pena capital, em Maio passado após 18 meses de investigações, por corrupção, ao ter recebido 6,5 milhões de yuans (€ 628 000 mil) em “luvas” a troco de autorizar a aprovação de licenças para a fabricação de novos medicamentos.
Zheng apelou da sentença, cujo advogado considerou “muito severa”, solicitando a sua revisão alegando que confessara os crimes e cooperara com a polícia.
O recurso foi rejeitado.

Fonte: INTELLSTEPS

Compartilhar

Leave a Reply