Euro substitui dólar nos negócios do petróleo do Irão

O Irão reduziu para apenas 15% a quantidade de crude vendida em dólares. As facturas de 65% do petróleo iraniano, desde meados do ano, são emitidas em euros e 20% em ienes. O governo Bush, a pretexto do programa nuclear iraniano, pressionou, com êxito, alguns bancos europeus os quais, em 2007, reduziram substancialmente as suas transacções com o país dos aiatolas. Porém a NIOC – National Iranian Oil Company – tem conseguido encher os cofres estatais com abundantes fundos. Comparativamente a 2006, as reservas iranianas em divisas cresceram mais de 35%, tendo atingido os 65 mil milhões de dólares, em 30 de Junho. Se outros países da OPEP seguirem o exemplo do Irão, o quarto maior exportador mundial de petróleo, os efeitos serão devastadores para a divisa norte-americana. Por outro lado, a decisão iraniana aumenta potencialmente os riscos de um ataque militar americano. Porém, é reduzida a margem de manobra de Washington para obter apoios favoráveis a uma escalada militar, face ao fracasso das invasões no Iraque e no Afeganistão. (pvc)

Fonte: MRA Alliance

Compartilhar

Leave a Reply