Dirigentes envolvem a Ordem dos Advogados no caso Maddie

E se amanhã a Ordem dos Advogados tiver que tomar uma posição sobre o controverso «caso Maddie»? Obviamente que não terá nenhuma credibilidade, a partir do momento em que o próprio Bastonário e o Presidente da Comissão de Direitos Humanos passaram a ser advogados dos pais de Madeleine, recentemente constituídos arguidos.
Quem tenha estado atento ao andamento do mediático caso não pode deixar de concluir, ou pelo menos de suspeitar, que aqueles dirigentes só foram contratados como advogados porque ocupam os cargos que ocupam. É essa a opinião de Miguel Reis no artigo publicado na Falência da Justiça.

Compartilhar

Leave a Reply