Data mining – um novo serviço da MRA

A sociedade de informação trouxe-nos enormes vantagens, a começar por essa de termos toda quase toda a informação ao alcance dos dedos.
Problemática é a selecção da informação relevante e a sua classificação e esse esse problema afecta, com a maior acuidade, a informação jurídica relevante para o aconselhamento das pessoas e das empresas.
A globalização das economias e as profundas mudanças a que vimos assistindo no comércio internacional impõem hoje que o jurista não fique atento apenas ao que existe e possa prever o que vai existir para além das tendências que se vão afirmando.
Porque o direito é um «transcender situado», a informação sobre o que será existe antes da norma o ser.
Prever com tempo o que vai acontecer relativamente a este mercado ou aquele produto é coisa que tornou possível, exigindo-se apenas o trabalho de pesquisar os diversos dados e de os organizar de forma inteligível.
A própria produção legislativa exige hoje recursos que o legislador não tem tempo ou não tem meios para organizar.
Por isso e para satisfazer necessidades que se vão agudizando criamos um departamento de data mining, que produz, a pedido dos clientes pesquisas temáticas de informação jurídica e de informação estratégica conexa.
O serviço é vocacionado, especialmente, para as empresas e para os operadores públicos dos países de lingua portuguesa, especialmente para o Brasil.
Este serviço é da responsabilidade do nosso consultor Pedro Varanda de Castro.
Compartilhar

Leave a Reply