Dados de tráfego serão guardados por um ano

O Conselho de Ministros de 6 de Setembro aprovou uma proposta de lei relativa à conservação de dados de comunicações electrónicas, tendo em vista a maior eficácia no combate ao crime e ao terrorismo. O Governo pretende que a informação seja guardada pelo período de um ano.
As empresas de serviços de comunicações electrónicas passam a ter que conservar, durante um ano, dados de tráfego e de localização de comunicações, bem como os outros dados necessários para identificar assinantes ou utilizadores – mas não os conteúdos das suas comunicações.

Compartilhar

Leave a Reply