Cuidado: podem roubar-lhe as suas propriedades em Portugal

Tem propriedades abandonadas em Portugal? Corre o sério risco de as perder, se não as proteger.

Veja o comunicado do Conselho de Ministros de 27 de outubro.

O governo vai adotar medidas com vista à apropriação das propriedades abandonadas.

Há uma série de empresários gulosos que querem passar por dezenas de anos de abandono e tomar a propriedade rústica de assalto.

Veja o que passou no Prós e Contras de 21 de novembro.

É importante que se saiba que há apoios para a reforma da floresta.  Empresas especializadas podem ajudá-lo a encontrar a melhor solução para a sua propriedade.

Disse o ministro que não é possível gerir pequenas propriedades. Tem razão, num certo sentido.

Mas não pode pretender que quem tem 200 ou 300 metros abdique do seu direito de propriedade.

O maior problema que tudo isto suscita é o da definição dos limites da propriedade.

É preciso proceder ao levantamento rigoroso dos limites das propriedades e à sua inventariação.

Pode vir a ser interessante participar no negócio da floresta, desde que o modelo seja sério e respeite o direito de propriedade.

Já hoje há muita gente que investe em terra, comprando terra a valores entre os 50 cêntimos e 1 euro por metro quadrado.

O drama está em que muita gente, que não tem onde cair morta, procura apropriar-se da propriedade alheia.

A MRA presta serviços aos proprietários florestais, na defesa do seu direito de propriedade, contra os que pretendem apropriar-se dos seus bens.

Contacte-nos e conte connosco.

 

Leave a Reply