China: mais de 16.000 toneladas de bens apreendidos em Lisboa

O não cumprimento das leis da Uniâo Europeia é a causa principal da apreensão de mais de 16.000 toneladas de mercadorias, provenientes da China, que foram descarregadas no Porto de Lisboa.
A apreensão foi feita pela Direcção-Geral das Alfândegas e dos Impostos Especiais sobre o Consumo e foi objecto de um comunicado do Ministério das Finanças, difundido no Portal do Governo, o que causou estranheza nos meios chineses, atento o teor dos discursos proferidos por ocasião da última visita de Sócrates à China.

Leave a Reply