Archive for the ‘Seixas da Costa’ Category

Seixas da Costa deixa Brasília

tera-feira, maio 6th, 2008

O embaixador de Portugal no Brasil, Francisco Seixas da Costa, deverá assumir no final deste ano a Embaixada em Paris. Para a capital brasileira virá o atual representante permanente de Portugal nas Nações Unidas, João Guerra Salgueiro.
De acordo com o blog Notas Verbais, do jornalista português Carlos Albino, a ida de Seixas da Costa para a Embaixada em França reflete a prioridade estratégica atribuída pelo governo português às relações com Paris.
O próximo embaixador de Portugal no Brasil, João Guerra Salgueiro, antes da ida para Nova York, exerceu, entre outras funções, os cargos de embaixador de Portugal na Haia (Holanda) e em Tóquio e foi secretário-geral do Ministério dos Negócios Estrangeiros.
Em 1996, João Salgueiro foi também secretário-executivo da Cimeira da Organização de Segurança e Cooperação Européia.
Nascido em Lisboa, em 21 de julho de 1946, João Salgueiro, licenciado em Direito, ingressou na carreira diplomática em 1969. É representante permanente de Portugal junto das Nações Unidas desde janeiro de 2005.

Fonte: Portugal Digital

Seixas da Costa escreve sobre o Tratado de Lisboa

sbado, dezembro 15th, 2007

Num artigo hoje publicado na Folha de São Paulo escreve o Embaixador de Portugal no Brasil, Francisco Seixas da Costa, a propósito do Tratado de Lisboa:

«Na ambição europeia, este tratado, firmado meio século depois do Tratado de Roma, destina-se a pacificar institucionalmente a Europa, por um período que se pretende longo, tanto mais que se não prevêem muitas mais adesões ao “clube” nos próximos anos. Se tudo correr como se espera, a Europa poderá ter entrado num ambiente de alguma acalmia, no tocante às estruturas que enquadrarão o seu futuro – embora devamos ser prudentes: a imaginação dos factos é sempre maior que a dos homens. Ficamos naturalmente felizes por ver o nome de Portugal associado a este momento tão importante da vida europeia».
O Embaixador dá especial ênfase à cimeira Europa-África e à admissão do Brasil como parceiro estratégico da União Europeia.
O texto integral pode ler-se no blog da Embaixada de Portugal.

Seixas da Costa considera prioritário acordo da UE com o Mercosul

sbado, junho 16th, 2007
«O acordo com o Mercosul, que é algo que achamos que deve regressar rapidamente ao topo das nossas prioridades, é algo que pode estimular fortemente os investimentos e o comércio bilateral, quebrando as barreiras que existem entre os mercados.
Embora hoje a União Europeia seja o bloco que mais investe no Brasil, achamos que pode haver a possibilidade de um salto fantástico no relacionamento entre a UE e o Brasil, em matéria comercial, com um eventual acordo. Portanto, entendemos que estão criadas as condições para sermos optimistas» – diz o Embaixador de Portugal no Brasil, Francisco Seixas da Costa, numa importante entrevista ao Portugal Digital.
Ler mais

Brasil como interlocutor privilegiado da UE

quarta-feira, junho 6th, 2007

Em entrevista à Agência Brasil, o embaixador de Portugal no Brasil, Francisco Seixas da Costa afirmou que, durante a presidência da União Européia, Portugal precisa apresentar uma agenda de iniciativas e esta é uma prioridade.
“Resolvemos propor que fosse dado ao Brasil o estatuto de interlocutor privilegiado, igual ao que dispõem os Estados Unidos, Canadá, Rússia, China, Japão e Índia. É uma espécie de quadro referencial de interlocução nas mais diversas áreas, desde a política externa até questões ambientais”, afirmou Seixas da Costa.
Fonte: Portugal Digital

Seixas da Costa defende papel central para o Brasil

quarta-feira, maio 23rd, 2007
Brasília – O Embaixador de Portugal no Brasil, Francisco Seixas da Costa, acredita que “dar um papel central ao Brasil” no relacionamento entre a União Européia (UE) e a América Latina “é fazer com que a UE volte a olhar para a América do Sul”. A convicção do diplomata português foi manifestada por Seixas da Costa ao Jornal do Brasil, segundo o qual a UE e o Brasil devem assinar no dia 4 de julho um memorando de entendimento com as linhas gerais de um acordo que elevará o Brasil ao patamar de “parceiro estratégico” do bloco europeu.
Fonte: Portugal Digital