Archive for the ‘Economia’ Category

Forum sobre o financiamento da inovação no Estoril

Sábado, Setembro 29th, 2007

O Fórum “Financiamento da Inovação – Das Ideias ao Mercado “, iniciativa conjunta da Comissão Europeia e do IAPMEI, realizar-se-á em 8 e 9 de Outubro no Centro de Congressos do Estoril, estando prevista a participação dos Presidentes do Conselho Europeu e da Comissão Europeia, do Ministro da Economia e do Secretário de Estado Adjunto, dos Vice-Presidentes do Banco Europeu de Investimento e do Comité Europeu de Reguladores dos Mercados de Valores, dos Presidentes Executivos do Fundo Europeu de Investimento (FEI) e do Small Business Administration (US-SBA). Destaque ainda para as participações dos Presidentes das Associações Europeias de Capital de Risco e Private Equity (EVCA), de Garantia Mútua (AECM), de Business Angels (EBAN) e do Comité de Empreendedorismo e PME da BusinessEurope.

Ler mais

Crise financeira chegou a Portugal

Sexta-feira, Setembro 28th, 2007

Um fundo de investimento português comunicou ao regulador ter tido necessidade de recorrer a um empréstimo bancário devido ao elevado volume de resgates das participações dos clientes, revelou ontem o presidente da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), Carlos Tavares. A informação foi fornecida durante uma conferência de imprensa, um dia depois de o BPI ter informado que irá liquidar no dia 2 de Outubro o “Fundo BPI Renda Trimestral”.

Lei mais na MRA Alliance

Os mercados internacionais andam nervosos…

Segunda-feira, Setembro 24th, 2007

«Os mercados internacionais andam nervosos há semanas. Todos os bancos mundiais se ressentem, muitas instituições foram castigadas severamente e teme-se uma derrocada global. Os riscos económicos são justificadamente assustadores. A opinião comum é que estas situações são causadas por loucos especuladores brincando com o dinheiro dos outros. Mas, em Finanças, perigos destes costumam assinalar grandes descobertas.» – escreve João César das Neves no Diário de Notícias.

Ler todo o artigo

E a Europa… aqui tão perto

Segunda-feira, Setembro 24th, 2007

«A Europa é, neste grupo, o elo menos forte. Suspeita-se que o grau de exposição do sistema bancário da zona euro às turbulências financeiras sejam bem maiores do que se tem dito e escrito. Na Alemanha, Grã-Bretanha, Holanda, Espanha e França as réplicas do sismo americano causaram umas dezenas de vítimas. » – escreve Pedro Varanda de Castro, do Departamento de Data Mining da MRA no seu report de hoje.

«Três bancos alemães mudaram de mãos em operações relâmpago que acalmaram os ânimos de depositantes crescentemente desconfiados. Em Inglaterra o Northern Rock está cada vez mais encostado às tábuas, à espera da estocada final. Lloyds, Barclays, HSBC e Fortis anunciaram nos últimos dias que a compra da moribunda instituição está fora dos seus planos. O Financial Times, na edição desta manhã, revela que a recusa tem a ver com o facto de a recuperação financeira exigir injecções de capital que rondam os 20 mil milhões (bilhões) de libras, quase 30 mil milhões (bilhões) de euros.»

A crise dos mercados financeiros (2)

PVC comenta a crise dos mercados

Quinta-feira, Setembro 20th, 2007

Pedro Varanda de castroPedro Varanda de Castro, consultor de comunicação da MRA e coordenador do Departamento de Data Mining da sociedade, recolhe minuto a minuto informação sobre a crise dos mercados e comenta-a, em termos acessiveis ao cidadão médio.
Os reports têm uma versão soft e uma versão hard, esta última profusamente documentada e contendo informação reservada, que é fornecida apenas on demand.
Os reports soft começaram a ser publicados hoje no site da MRA.

Sistema bancário europeu em maiores dificuldades do que o previsto

Quinta-feira, Setembro 20th, 2007

«Analistas e comentadores começam a convergir na assumpção de que o sistema bancário europeu está muito mais enterrado nesta trapalhada financeira do que se tem dito. Para as suspeitas muito tem contribuído as maciças e perdulárias intervenções do BCE, com injecções conjuntas, nos últimos 30 dias, que já ultrapassaram em 250% toda a riqueza produzida por Portugal, em apenas um ano. Pressionados pela feroz competitividade, «overbanking» e margens escassas, os banqueiros europeus deixaram-se facilmente seduzir pelo dinheiro fácil de investimentos alegadamente «sem risco» num mercado selvagem e desregulado.»

Esta é a opinião do nosso consultor Pedro Varanda de Castro, que vem acompanhando ao minuto as notícias da crise dos mercados.

Faça download de A crise do sistema financeiro global (1)

O que está afinal a passar-se no mercado de capitais?

Domingo, Setembro 16th, 2007

Temos, diariamente, a sensação de que nos andam a mentir, com as insistentes afirmações de que a crise dos mercados financeiros não vai afectar as nossas economias senão com uma ligeira borrasca.
A necessidade de «acalmar» e «dar confiança» aos mercados é sintomática de que as coisas não vão bem.
Notícias de fontes reputadas são elas próprias muito cuidadosas e discretas, não vá ofender-se o «santo», que é o mesmo que dizer o mercado.
Os ministros da União Europeia, reunidos no Porto, transformaram a crise no objecto principal da sua reunião, embora, a final, procurassem dar relevo à necessidade de a Europa adoptar uma posição forte e unida na reforma do Fundo Monetário Internacional. Talvez a valorização deste tema (ver jornal Público) seja um outro discreto sinal das preocupações acerca da crise dos mercados.

A crise vem sendo atentamente acompanhada pelo nosso consultor Pedro Varanda de Castro, que manifesta a convicção de que estamos perante um autêntico tsunami, de dimensões ainda não conhecidas.
«O efeito dominó começa a derrubar os bancos europeus» – escreve PVC.

«A semana que agora acaba veio provar que os “profetas da desgraça” estavam certos – a epidemia da “bolha imobiliária” americana vai transformar-se na pandemia de crédito e liquidez do sistema financeiro global. Após sintomas de stress em vários países, sinais de colapso deram à costa. Em Inglaterra. Clientes receosos correram para o banco e levantaram mil milhões de libras esterlinas. As fissuras entre os banqueiros centrais começam a aparecer. A aflição dos bancos privados para obterem empréstimos de urgência, às escondidas da opinião pública, também é evidente.»

Faça download do artigo de Pedro Varanda de Castro

O TSUNAMI FINANCEIRO GLOBAL

Reunião do ECOFIN dominada pela crise dos mercados financeiros

Domingo, Setembro 16th, 2007

Os ministros das Finanças da União Europeia, reunidos no Porto, mandataram esta sexta-feira o Comité Económico Financeiro (CEF) para analisar formas de aumentar a transparência dos instrumentos e instituições financeiros e melhorar os processos de gestão de risco, incluindo o risco de liquidez.
Falando em conferência de imprensa no final da primeira sessão de trabalho do Ecofin, Teixeira dos Santos adiantou que o CEF irá também «estudar atentamente o papel das agências de rating».
Segundo adiantou, a análise do CEF deverá arrancar «de imediato», contando-se que em Outubro, no próximo Ecofin, «haja já algum feedback desse trabalho, ainda que não finalizado».
Segundo acrescentou o comissário europeu do Mercado Interno e Serviços, Charlie McCreevy, o CEF foi mandatado «para rever o enquadramento de supervisão e, designadamente, de transparência dos produtos financeiros complexos através dos quais se efectuam operações financeiras».
«Teremos que estar abertos às soluções que sejam necessárias concretizar, embora nem tudo se possa resolver à custa de mais regulação», afirmou, garantindo que «se da análise que o CEF venha a efectuar resultar a necessidade de medidas regulatórias adicionais estas virão, concerteza, a ser adoptadas».
Questionado sobre a possibilidade de vir a ser criada uma autoridade europeia de supervisão única, McCreevy garantiu que «a Comissão não está a pensar nisso» e que tal «não seria, até, de todo, desejável».
«O que podemos fazer é melhorar a supervisão», frisou.

Fonte: Diário Digital

Barril do petróleo ultrapassou os 80 dólares

Sábado, Setembro 15th, 2007

O preço do petróleo nos Estados Unidos ultrapassou pela primeira vez na história os 80 dólares por barril devido a uma falta de energia causada pelo furacão Humberto no Texas, segundo notícia da Reuters. Muitos analistas prevêem que, face ao crescimento da procura chinesa e indiana, o preço possa ultrapassar os 100 dólares/barril no prazo de um ano. Na Nymex, os contratos para Outubro subiram 0,18 dólares, fixando-se nos 80,09 dólares por barril. Durante a sessão na bolsa de contratos futuros, o preço chegou aos 80,20 dólares, registando a oitava subida consecutiva.

Ministro das Finanças pensa que a crise não vai afectar Portugal

Sábado, Setembro 15th, 2007

Teixeira dos Santos, que terminou a primeira sessão informal do Ecofin a decorrer no Porto, garantiu que a crise financeira não vai afectar Portugal este ano e que no próximo ano algum eventual impacto será de pequena dimensão.
O ministro das Finanças, que terminou a primeira sessão informal do Ecofin a decorrer no Porto, disse que não vê “razões para rever a perspectivas de crescimento para 2007.

Fonte: Jornal de Negócios

Conferência sobre a AUPE de 18 a 20 de Setembro em Paris

Quinta-feira, Setembro 13th, 2007

A partir do dia 1 de Janeiro de 2008, a Área Única de Pagamentos em Euros (AUPE) entrará na sua fase final numa migração de três anos durante os quais os instumentos de pagamentos em conformidade e os em não-conformidade co-existirão.
A AUPE irá sem dúvida alterar o panorama Europeu e global dos cartões de pagamento na medida em que a crescente competitividade leva os players a uma procura de volumes de transacção e a maiores economias de escala. O processo é agora irreversível e não haverá outra opção que não seja conseguir uma Área Única de Pagamentos Euro em conformidade no dia 1 de Janeiro de 2011.
Essa problemática será o fulcro da conferência que se realizará em Paris de 18 a 20 de Setembro.

Ler mais no site da Associação do Comércio Electrónico de Portugal

 

Pinho aposta na sua imagem

Quarta-feira, Setembro 12th, 2007

O Ministro da Economia Manuel Pinho, ligeiramente mais gordo do que quando entrou para o Governo, investe fortemente na sua própria imagem, colocando-se como cabeça de cartaz no site do ministério.

Não deixe de consultar o site de MEI que, passe esse reparo, contém excelente informação sobre os diversos programas de apoio ao desenvolvimento de projectos em Portugal.

Sócrates optimista quanto à evolução da economia

Domingo, Julho 22nd, 2007
O Primeiro Ministro de Portugal, José Sócrates, manifestou grande optimismo na última intervenção proferida no parlamento.
«Conhecida que foi a boa execução orçamental destes primeiros seis meses, estou em condições de assegurar ao Parlamento que vamos cumprir em 2007 a nova meta para a redução do défice. E vamos fazê-lo como sempre dissemos que faríamos: sem o expediente das receitas extraordinárias que implicam encargos futuros.»

Ler mais

Governo de Sócrates optimista quando ao crescimento

Sábado, Maio 19th, 2007
O Ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, considera que há razões para estar optimista relativamente ao crescimento do PIB.
Num discurso proferido em Lisboa, considerou o ministro:
«Ontem, dia 15 de Maio, foi publicada a estimativa de crescimento do PIB no 1º trimestre, que mostra o melhor resultado em 5 anos. Trata-se de um bom resultado, tendo em conta que a situação de partida herdada dos anteriores governos era muito má.
Quando o Governo iniciou funções, o PIB estava a crescer -0,1%, era como um condutor entrar num automóvel que, em vez de andar para a frente, estava a deslizar para trás.
Passado um ano, o crescimento subiu para 1%. O sentido de marcha do automóvel foi invertido, porque o motor deixou de andar para a frente e recomeçou a andar para a frente mas, naturalmente, devagar. Passados dois anos, o crescimento atingiu 2,1%, o que indica que o motor está a andar cada vez mais depressa. (…)
Ler mais

Economia Portuguesa – o último doente da Europa

Quinta-feira, Abril 19th, 2007

Segundo The Economist, a economia portuguesa é o último doente da Europa…
Ler mais