Archive for the ‘aeroporto’ Category

Homologado estudo sobre novo aeroporto

segunda-feira, janeiro 28th, 2008

A Resolução do Conselho de Ministros n.º 13/2008, D.R. n.º 15, Série I de 2008-01-22n n – Presidência do Conselho de Ministros – homologou o estudo do Laboratório Nacional de Engenharia Civil, I. P., sobre a análise técnica comparada das alternativas de localização do novo aeroporto de Lisboa e determina as acções a desenvolver para a implementação do projecto.

Governo publica perguntas e respostas sobre o novo aeroporto de Lisboa

sbado, junho 16th, 2007
O Portal do Governo publica uma exaustiva FAQ sobre a polémica temática do novo aeroporto de Lisboa.
Ver Perguntas e respostas sobre o novo aeroporto de Lisboa

António Vitorino suscita dúvidas sobre o projecto da OTA

segunda-feira, maro 19th, 2007
O ex-comissário europeu António Vitorino suscitou hoje dúvidas sobre o projecto de instalação do novo aeroporto na Ota.
É a primeira vez que um peso pesado do Partido Socialista questiona o projecto, que se tem como assente.
Vitorino considerou, todavia, que é essencial construir um novo aeroporto, sob pena de se destruir a possibilidade de um hub aeronáutico em Portugal.

Novo aeroporto de Lisboa pronto em 2017

quarta-feira, fevereiro 14th, 2007
O novo aeroporto de Lisboa entrará em funcionamento em 2017, cessando nessa data a actividade do aeroporto da Portela.
O modelo contratual que será adoptado para a construção e a exploração do novo aeroporto consta da Resolução do Conselho de Ministros n.º 20/2007, D.R. n.º 32, Série I de 2007-02-14.
Este diploma estabelece o modelo de transacção do novo aeroporto, determinando que a privatização da ANA, S. A., e a contratação da concepção, construção, financiamento e exploração do novo aeroporto de Lisboa, a localizar na Ota, serão efectuadas através de uma operação única que conjugue aquelas duas componentes.

TAP valoriza Brasil

sbado, fevereiro 3rd, 2007
Os preços dos bens imóveis valorizaram-se substancialmente nas cidades brasileiras que passaram a ser servidas por voos regulares da TAP.
A cidade mais afectada foi Fortaleza, mas o mesmo efeito foi verificado em Salvador, Natal e Recife. Apenas São Paulo e Rio de Janeiro não foram afectados pelo «efeito TAP».
Os preços de apartamentos e de vivendas nestas cidades atingem, em muitas situações, valores superiores a duas ou três vezes por relação ao de cidades não servidas por transportes internacionais directos.
Um apartamento situado a 300 km de um aeroporto internacional pode custar um terço de apartamento idêntico situado nas proximidades de um aeroporto.
O nordeste do Brasil continua a ser escolhido como «país de reforma» por europeus da classe média.