Brasil e África nas prioridades da presidência portuguesa da União Europeia

Portugal vai poder abrir com chave de ouro a sua presidência quando receber na quarta-feira em Lisboa o Presidente Lula da Silva. Elevar o Brasil ao estatuto de parceiro estratégico da União foi uma tarefa longa e persistente da diplomacia portuguesa. – escreve o Público
A outra, mais espinhosa, já garantiu, praticamente, a Sócrates um encerramento igualmente em beleza: a cimeira UE-África. Faltam os últimos detalhes de uma coreografia política difícil, destinada a incluir o Presidente do Zimbabwe, Rober Mugabe, persona non grata na Europa, na fotografia.
Fonte: Público
Compartilhar

Leave a Reply