Brasil como interlocutor privilegiado da UE

Em entrevista à Agência Brasil, o embaixador de Portugal no Brasil, Francisco Seixas da Costa afirmou que, durante a presidência da União Européia, Portugal precisa apresentar uma agenda de iniciativas e esta é uma prioridade.
“Resolvemos propor que fosse dado ao Brasil o estatuto de interlocutor privilegiado, igual ao que dispõem os Estados Unidos, Canadá, Rússia, China, Japão e Índia. É uma espécie de quadro referencial de interlocução nas mais diversas áreas, desde a política externa até questões ambientais”, afirmou Seixas da Costa.
Fonte: Portugal Digital

Compartilhar

Leave a Reply