Balanço de 2012 e perspetivas para 2013

O investimento em imóveis para uso familiar ou para reserva de valores pode ser muito interessante em Portugal, no ano de 2013. A Caixa Geral de Depósitos, um banco de capitais exclusivamente públicos, preparou um pacote especial para aquisições por investidores estrangeiros, válido, segundo os a anúncios publicados, até ao dia 31 de março de 2013.

Os valores de algumas ofertas feitas em Angola, Moçambique e Brasil são muito superiores aos que correm no mercado, pelo que aconselhamos os adquirentes a adotar as maiores cautelas, procedendo a uma avaliação cuidadosa dos imóveis a adquirir.

No ano de 2013, apesar da subida dos impostos sobre o rendimento, pode ser, também interessante a aquisição de unidades industriais falidas em Portugal. Há inúmeras empresas, em todas as áreas, que encerram todos os dias e que podem ser recuperadas para a europeização de produtos de terceiros estados, com vista à sua introdução nos mercados europeus.

De outro lado, o desmantelamento das proteções laborais e a precariedade emergente da subida dos impostos vieram tornar especialmente interessante o investimento industrial, num país onde o exército operário de reserva cavalga vertiginosamente para a faixa dos 30% da população ativa.

A MRA presta serviços jurídicos de assistência aos investidores estrangeiros, tanto aos que apenas pretendam adquirir imóveis, como aos que  pretendam realizar investimentos industriais ou, simplesmente, viver neste maravilhoso país, cuja população baixa todos os dias.

Ver o balanço de Miguel Reis

Consulte-nos

Compartilhar

Leave a Reply