UE: Irlanda vence batalha sobre Tratado de Lisboa

A Irlanda conseguiu todas as garantias legais que pretendia para assegurar a convocação de um segundo referendo ao Tratado de Lisboa no Outono deste ano.

“Estamos bem equipados para voltar ao governo e recomendar a convocação de um novo referendo”, afirmou Brian Cowen, o chefe do Executivo irlandês no final do segundo dia de Conselho Europeu.

A lista das exigências, que se acredita estarem na base das razões que levaram a que os irlandeses votassem contra o tratado sucessor da Constituição Europeia vai figurar num protocolo anexo ao próximo Tratado de adesão à UE.

“Viemos com dois objectivos, conseguir garantias políticas e um protocolo, e atingimos os dois”, continuou Cowen, no rescaldo de uma negociação que “foi difícil”, nas palavras de Durão Barroso e de Jan Fisher, presidente em exercício da UE pela República Checa.

O Reino Unido em particular decidiu abandonar a rejeição que mantinha ao facto de Dublin pretender mais do que uma simples declaração anexa ao Tratado.

MRA Alliance/DN

Leave a Reply