Sintonia euro-asiática sobre regulação financeira global

Os chefes de estado e de governo europeus e asiáticos, reunidos em Pequim, apoiaram a proposta do presidente em exercício da UE/União Europeia, Nicolas Sarkozy, tendente ao endurecimento da regulação dos mercados financeiros a nível global, num comunidado distribuído no final da cimeira euro-asiática. Os participantes defendem “uma reforma eficaz e abrangente dos sistemas monetário e financeiro internacionais.” O primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, após o conclave que reuniu 40 altos dignitários dos governos dos blocos europeu e asiático, afirmou ser necessária “muito mais regulação para assegurar a estabilidade financeira.”

O tema promete ser polémico entre os dirigentes americanos e europeus, durante a próxima cimeira internacional, a realizar no dia 15 de Novembro, em Washington, para debater as reformas do sistema financeiro global. Os americanos opõe-se ao excesso de regulação e, apesar da crise, continuam a defender o primado da liberdade económica. A maioria dos europeus, liderados por Sarkozy, defende uma maior intervenção do Estado na economia e maior rigor e controlo das actividades do sector privado, sobretudo na área financeira. MRA Dep. Data Mining

Leave a Reply