São Tomé e Príncipe à beira de colapso diz ministro

stp.jpgO ministro do Planeamento e das Finanças de São Tomé e Príncipe, Raul Cravid, alertou que o país está à beira do colapso com a ameaça de suspensão de financiamentos externos devido à crise política que enfrenta. “O Estado poderá não ter meios para pagar a água e a luz que consome, poderá não ter verbas suficientes para a compra de medicamentos e os salários dos trabalhadores correm sérios riscos”, disse Raul Cravid.
O parlamento aprovou, em 20 de maio, uma moção de censura ao governo que ditou a queda do governo liderado por Patrice Trovoada. Raul Cravid afirmou que, devido à queda do primeiro-ministro, os parceiros de São Tomé e Príncipe se retraíram e os financiamentos estão comprometidos. Segundo o ministro, o Banco Mundial deveria desbloquear em Junho USD 6 milhões e outros USD 10 milhões, angariados pelo país junto de Líbia, Guiné Equatorial e Gabão, mas foram congelados. O ministro português das Finanças, Fernando Teixeira dos Santos, adiou por tempo indeterminado uma visita que deveria começar hoje. Segundo o ministro são-tomense, Teixeira dos Santos deveria assinar um memorando para a concessão de linha de crédito de 50 milhões de euros (R$ 130 milhões), destinada à compra de alimentos e a investimentos, além de um acordo de perdão da dívida com Portugal, estimada em US$ 30,8 milhões. Raul Cravid disse que, se a ajuda externa não chegar, o país poderá conhecer os piores dias de sua história, lembrando que a inflação de doze meses aumentou de 27,7% para mais de 30% em uma semana. Em breve o combustível será reajustado para mais, mas não foram adiantados valores. A Empresa Nacional de Combustíveis e Óleos (ENCO) apresentou há duas semanas uma proposta ao ministro que prevê um aumento de cerca de 24% no preço da gasolina e 30% no óleo diesel. Caberia ao governo a decisão de aprovar ou mandar diminuir as porcentagens do aumento. O Estado são-tomense tem 51% do capital da ENCO, sendo o restante da angolana Sonangol (40%) e de privados (9%). MRA/Alliance

Leave a Reply