Rússia vai instalar novo sistema de defesa nuclear

O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, anunciou planos para a construção de um novo sistema de defesa nuclear, operacional a partir de 2020, equipado com um sistema de defesa aeroespacial e modernos submarinos nucleares equipados com mísseis. Os comandantes militares russos apresentarão os planos ao executivo liderado por Vladimir Putin, até ao final do ano. O anúncio é a resposta da Rússia ao reforço das operações da NATO na Europa de Leste, após o conflito Rússia-Geórgia, e um acto de retaliação à recente corrida armamentista de Washington, com o anúncio da instalação de um escudo de defesa antimísseis na Polónia. Um analista ocidental, citado pela Reuters, desvalorizou a iniciativa sublinhando que as vulnerabilidades russas são evidentes na área do armamento convencional e não nos sistemas de dissuasão nuclear. “Eu diria que isto é um golpe de teatro contra o Ocidente, idêntico ao envio para a Venezuela de bombardeiros estratégicos. (…) Isto impressiona apenas a audiência doméstica, não o Ocidente“, disse o tenente-coronel Marcel de Haas, especialista em questões russas e de segurança do Instituto de Relações Internacionais Clingendael, na Holanda. MRA Dep. Data Mining

Leave a Reply