Rússia: Medvedev admite que desemprego é três vezes superior às estatísticas oficiais

O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev reconheceu no domingo que o número de desempregados atinge seis milhões de pessoas, o triplo dos números oficialmente reconhecidos pelos organismos estatais. A situação é “complicada”, mas está “sob controlo, embora, nos últimos tempos, os números tenham crescido bastante”, declarou Medvedev, ao primeiro canal da televisão russa.O presidente referiu que o número de desempregados registados é de dois milhões. “[Porém] se falarmos de desemprego real, ou seja, das pessoas que procuram trabalho, mas não se inscreveram no centro de emprego, mais as pessoas que já estão inscritas (…) teremos cerca de seis milhões”, sublinhou. 

“Este número foi revelado pela primeira vez agora, mas não constitui segredo”, concluiu Medvedev.

MRA Alliance/Agências

Leave a Reply