Queda da produção industrial abranda em Maio para -7,9%

A produção industrial manteve uma variação negativa em Maio, com 7,9 por cento negativos comparativamente a Maio de 2008, segundo os dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística. Os números do INE indicam que o ritmo de quebra abrandou em relação a Abril (-9,9%).

A produção energética foi o único sector de actividade que registou um crescimento positivo de 4,2%, comparado com os 4,6% registados em Abril de 2008. 

Em relação à produção na área da indústria transformadora, a variação homóloga foi de -10,1 por cento. Uma queda também inferior ao mês anterior (-13,3 por cento).

MRA Alliance/Público

Leave a Reply