PT ganha apoio importante na guerra com a Telefónica

A Portugal Telecom (PT) conseguiu ontem uma importante vitória na guerra pelo controlo da Vivo. Após duas semanas de ‘road-show’ para convencer os accionistas da importância da Vivo para o futuro da empresa, o fundo norte-americano Brandes, dono de 7,8% da PT, anunciou que a oferta espanhola é insuficiente.

“Embora a actual oferta represente um prémio significativo em relação ao valor de mercado, não reflecte o valor estratégico de longo prazo da Vivo”, afirmou Amalia Morris, directora de investimentos do Brandes Investment Partners, o terceiro maior investidor na operadora portuguesa, numa declaração escrita à agência noticiosa Dow Jones.

A tomada de posição do Brandes surge num contexto em que tanto a PT como a Telefónica realizam ‘road-shows’ junto dos investidores institucionais estrangeiros, com vista a convencê-los dos méritos das suas estratégias.

A PT procura convencer estes accionistas institucionais de que vender a Vivo seria hipotecar o seu futuro, ao passo que a Telefónica tenta demonstrar que a sua oferta de 5,7 mil milhões de euros pela participação portuguesa na operadora brasileira representa uma oportunidade única e irrepetível de criação de valor.

MRA Alliance/DE

Leave a Reply