Portugueses de Macau optam pela nacionalidade chinesa para se candidatarem às eleições da Assembleia Nacional Popular

Um importante número de personalidades macaenses resolver optar pela nacionalidade chinesa, como forma de participar nas eleições para a Assembleia Nacional Popular.

A aquisição da nacionalidade chinesa por cidadãos portugueses não impede a manutenção da nacionalidade portuguesa, excepto se as pessoas em causa renunciarem à nacionalidade portuguesa.

Decidiram adoptar a nacionalidade chinesa Carlos Marreiros, António José de Freitas e António Dias Azevedo e formalizar a inscrição no Comité Eleitoral que, em Janeiro do ano que vem, elege os doze representantes de Macau para a Assembleia Nacional Popular. Este ano, o Comité Eleitoral sofreu um aumento de cinquenta por cento, passando a contar com trezentos elementos quando até agora apenas detinha duzentos.
De acordo com a imprensa chinesa, Marreiros, Freitas e Azedo terão tomado esta decisão como sinal da sua identidade macaense. Dizem esperar servir Macau expressando as suas opiniões e sugestões sobre a situação local junto do Governo Central.

Fonte: Macau Hoje

Leave a Reply