Portugal: Edisoft lidera projecto europeu para estudar Marte

Sonda ExoMarsA Edisoft, em conjunto com investigadores da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e do Instituto de Telecomunicações de Lisboa, lidera o projecto científico de desenvolvimento de um instrumento destinado a estudar pela primeira vez o subsolo de Marte, integrado na missão ExoMars, da Agência Espacial Europeia (ESA). O Probe, ou SP2, será o primeiro instrumento a estudar o subsolo de Marte, em particular as suas propriedades eléctricas. O projecto está orçado em dois milhões de euros. O investigador português Fernando Simões, ex-estagiário na ESA, lançou as bases para a formação do consórcio SP2. A aprovação final é feita em Abril de 2008, estando agora o consórcio à procura de financiamento, conforme as regras da ESA. O projecto já foi apresentado ao Governo e tem como atractivo para o país o facto de permitir a participação drecta de Portugal num grande projecto espacial europeu, a internacionalização das empresas portuguesas e da ciência em Portugal, em particular das ciências do espaço, e permite ainda o retorno ao país de alguns investigadores portugueses actualmente no estrangeiro. A ExoMars, de que fazem parte 11 instrumentos desenvolvidos por vários países europeus, vai estudar o planeta Vermelho para detectar provas de vida. O lançamento ocorrerá em 2011, devendo aterrar em Marte, dois anos depois.

Leave a Reply