Portugal: Dívidas dos partidos políticos disparam

O Partido Socialista (PS) devia mais de 35 milhões de euros no final de 2009, o que representa um agravamento de 32 milhões (969,6 por cento) face a 2008. As dívidas dos cinco maiores partidos totalizavam 48,9 milhões de euros no final do ano passado, contra apenas 7,8 milhões um ano antes, noticia o jornal «Público».

Isto significa que o PS sozinho já tem mais dívidas do que todos os outros juntos, substituindo assim o PSD que, em 2008, era o partido que detinha este registo, conclui o mesmo jornal, depois de analisar as contas anuais de 2009 dos partidos políticos, entregues no Tribunal Constitucional.

Dos cinco principais partidos com assento parlamentar o PS é o único que fecha o ano com as contas no vermelho. O resultado líquido do exercício socialista termina com um prejuízo de cerca de 2 milhões de euros, depois de ter conseguido um lucro de 2 milhões em 2008.

A seguir aos socialistas, o partido que mais dívidas tem é o PCP: os 4,2 milhões representam um acréscimo de três milhões (250 por cento) face a 2008. Logo depois surge o PSD, com 4,1 milhões (mais 127 por cento), o CDS com 3,4 milhões (mais 271) e o Bloco com 1,7 milhões (mais 241 por cento).

MRA Alliance/Agências 

Leave a Reply