Portugal: Dados do desemprego vão deixar de ser comparáveis

A partir deste ano, o Instituto Nacional de Estatística vai alterar as perguntas do Inquérito ao Emprego, que passará a ser feito por telefone, ficando inviabilizadas comparações directas com os dados publicados nos últimos dez anos. O processo de “modernização” da recolha de dados foi formalmente decidido em Abril de 2008, mas só agora estão reunidas as condições para avançar, sublinha o INE.

O eventual adiamento da alteração do método de recolha dos dados do Inquérito ao Emprego implicaria o desperdício do trabalho de preparação que tem vindo a ser feito, disse o INE ao Jornal de Negócios.

As declarações do INE surgem em resposta às perguntas ontem colocadas, a propósito da alteração do processo de recolha de dados, que limitará a interpretação da informação. No primeiro trimestre deste ano, não será possível saber de forma exacta se o desemprego subiu ou desceu.

MRA Alliance

Leave a Reply