“Pedir ajuda externa exlui-nos do mercado durante cinco anos”, diz Costa Pina

Carlos Costa Pina, secretário de Estado do TesouroO secretário de Estado do Tesouro disse hoje à Bloomberg que Portugal tem condições para cumprir os reembolsos de dívida de 2011. O País conseguirá responder “aos reembolsos de dívida de 2011, especialmente os reembolsos de dívida de longo prazo de Abril e Junho”, disse Carlos Costa Pina em declarações à Bloomberg, num discurso para os mercados internacionais.

Na mesma declaração, o governante volta a rejeitar a solução do resgate de Bruxelas e do FMI. “Pedir ajuda externa implica estar fora do mercado durante pelo menos cinco anos, com uma deterioração das condições financeiras para o sector privado, as empresas e as famílias”, argumentou.

O secretário de Estado falou à Bloomberg num dia em que os juros cobrados a Portugal voltaram a bater máximos históricos no mercado secundário, tendo a taxa a cinco anos rompido pela primeira vez a barreira dos 9%.

Costa Pina nota que “o custo de financiamento [do País] agravou-se substancialmente desde a crise política desencadeada pela oposição”, pelo que “é urgente clarificar a situação política”. “É incompreensível que todos sejam contra tudo sem apresentar outro caminho com medidas alternativas”, concluiu.

MRA Alliance/DE

Leave a Reply