Pavilhão algarvio onde Sócrates discursou foi alvo de tiroteio

A Polícia Judiciária investiga e já recolheu sete cápsulas de bala 7,65mm nas imediações do Pavilhão Arena, em Portimão, alvejado ontem após um jantar do PS/Algarve, no qual participou o primeiro-ministro, José Sócrates. Dos sete tiros, só dois projécteis acertaram na cobertura do recinto, informou a RTP. Sócrates abandonara o local 20 minutos antes. A governadora civil de Faro, Isilda Gomes, que participou no evento, classificou o incidente como “uma brincadeira de mau gosto”.

Leave a Reply