ONU desbloqueia USD 1,5 mil milhões para rebeldes líbios

O Conselho de Segurança da ONU aprovou esta quinta-feira o desbloqueamento de 1,5 mil milhões de dólares, cerca de mil milhões de euros de fundos líbios, para financiar os esforços dos rebeldes na Líbia.

O dinheiro, garantem, será usado para a reconstrução do país, destruído pelos confrontos entre Kadhafi e as suas tropas, e os rebeldes, apoiados por forças das Nações Unidas. O acordo surgiu depois da África do Sul, que se opunha há já duas semanas, ter cedido e aprovado a medida.

Os fundos líbios, congelados ao regime de Kadhafi pelos Estados Unidos vão ser assim libertados e disponibilizados, ao que a África do Sul se opunha, por entender que tal implicaria o reconhecimento internacional do Conselho Nacional de Transição.

Os Estados Unidos propõem a distribuição do dinheiro entre organizações humanitárias, Conselho de Transição e fundos internacionais, para que a Líbia possa adquirir combustível e outros bens similares, enquanto que o FMI garante que só irá reconhecer o novo governo líbio quando este for alvo de um «reconhecimento claro e alargado», pela comunidade internacional.

MRA Alliance/Agências

Leave a Reply