Malparado das famílias volta a aumentar em Janeiro

De acordo com os dados disponibilizados hoje pelo BdP, o valor do crédito considerado de cobrança duvidosa dos particulares em Janeiro situava-se em 4129 milhões de euros, contra os 3989 milhões registados em Dezembro.

O aumento foi partilhado entre todos os agregados, com o maior aumento a ser registado no valor do crédito concedido para habitação, mais 57 milhões de euros, seguindo-se o crédito para outros fins, com aumento de 51 milhões de euros, e por fim o consumo, com mais 32 milhões de euros de crédito considerado malparado.

O total de créditos concedidos aos particulares também registou um aumento 747 milhões de euros em Janeiro, suportado essencialmente pelo crescimento no volume do crédito para habitação que aumentou 895 milhões de euros.

O valor dos empréstimos para consumo e outros fins registaram, no entanto, uma queda, de 61 e 87 milhões de euros respectivamente.

MRA Alliance/Agências

Leave a Reply