Líderes da Igreja Renascer condenados nos Estados Unidos

A Justiça dos Estados Unidos condenou nesta sexta-feira o casal de fundadores da igreja evangélica Renascer em Cristo, Sônia e Estevam Hernandes, a cinco meses de prisão por crime de declaração falsa em documento público. A auto-intitulada bispa e o auto-nomeado apóstolo terão que passar ainda mais cinco meses em prisão domiciliar nos EUA, e posteriores dois anos de liberdade vigiada pela Justiça americana. A sentença, proferida no Tribunal Federal do Sul da Flórida, ordena ainda o pagamento de uma multa de 30.000 dólares para cada um.

Fonte: Veja

Leave a Reply