Khadafi ainda vê Portugal como um país amigo

Muammar KahdafiO líder líbio, Muammar Khadafi, ainda vê Portugual “como um país amigo”, mas que se deixou influenciar por “uma propaganda muito forte” e que foi essa propaganda que levou a que manifestasse fortes críticas ao seu regime.

Numa entrevista à RTP na quinta-feira, Khadafi acentuou que Portugal “foi vítima da propaganda” internacional “muito forte” e revelou que se houver um ataque à Líbia o mundo “nunca mais terá paz”. Um ataque “será uma flagrante colonização” que “terá repercussões muito fortes”. “Se pensarem em colonizar-nos, se o mundo agir como louco, faremos o mesmo. Vamos responder, vamos ripostar”, disse Khadafi ao enviado da RTP à Líbia, Paulo Dentinho.

O líder afirmou ainda que a União Europeia o traiu e que a Liga Árabe “quase não existe”. Acrescentou ainda que não reconhecerá qualquer resolução da Nações Unidas para a Líbia.

MRA Alliance/Público

Leave a Reply