Iémen dissolve governo após massacre de manifestantes

Ali Abdallah Saleh - Presidente do IémenO presidente do Iémen, Ali Abdallah Saleh, alvo há dois meses de protestos populares, destituiu neste domingo o governo, dois dias após o massacre de 52 manifestantes, informou a agência de notícias estatal Saba. “O presidente da República dissolveu o governo e ficará encarregado dos assuntos internos até a formação de um novo executivo”.A decisão foi tomada no momento em que manifestantes exigiam a saída de Saleh, após a morte de 52 pessoas num ataque realizado por homens armados na sexta-feira passada, em Sanaa, atribuído a partidários do regime, que causou 126 feridos.

Milhares de pessoas ocuparam a praça em frente à Universidade de Sanaa e as avenidas adjacentes, na maior manifestação desde o início dos protestos, em janeiro passado, para exigir a saída de Ali Abdullah Saleh.

A praça da Universidade é o epicentro dos protestos e na sexta-feira foi cenário da sangrenta repressão quando homens armados, partidários do regime, dispararam contra a multidão depois da oração semanal.

MRA Alliance/AFP

Leave a Reply