Honduras: Ex-presidente Zelaya terminou exílio e pediu reconhecimento internacional do seu sucessor

O ex-presidente das Honduras, Manuel Zelaya, que regressou ontem ao seu país depois de quase ano e meio no exílio, pediu o reconhecimento internacional para o seu sucessor Porfírio Lobo.

Zelaya, 58 anos, revelou também, num discurso perante milhares de seguidores à saída do aeroporto de Tegucigalpa, que irá propor “uma aliança” para o a Assembleia Constituinte e para o referendo.

O ex-governante foi derrubado num golpe militar a 28 de junho de 2009 e expulso por militares do seu país para a Costa Rica quando promovia um referendo que supostamente permitiria prolongar o seu mandato.

MRA Alliance/Agências

Leave a Reply