Holanda: Partido anti-islão pode entrar para o governo

Geert Wilders - Líder do Partido da Liberdade holandêsA formação liderada por Geert Wilders – o Partido da Liberdade – surpreendeu ao conseguir 24 deputados e pode agora entrar num governo liderado pelos liberais. Os liberais até podem ter sido o partido que mais deputados elegeu nas legislativas holandesas, mas o grande vencedor do escrutínio de dia 9 foi o partido anti-islão liderado por Geert Wilders. Terceiro, atrás dos liberais com 31 deputados e dos trabalhistas com 30, o Partido para a Liberdade passou de nove lugares na Câmara Baixa do Parlamento para 24.

“Em Haia, agora, têm de nos ter em conta”, afirmou um exultante Wilders diante dos seus apoiantes. E o deputado, de 46 anos, garantiu que a sua formação “quer mesmo entrar para o Governo”.

Uma vez que nenhum dos partidos obteve os deputados necessários para governar sozinho, as negociações para a formação de uma coligação governamental já começaram.

Tradicionalmente, cabe ao líder do partido vencedor tentar organizar uma equipa. Neste caso, a tarefa está nas mãos de Mark Rutte, o líder dos liberais do VVD.

O seu ambicioso programa de redução das despesas públicas e do défice valeu-lhe apenas uma curta vitória no primeiro país da zona euro a ir às urnas desde que a crise financeira provocou a queda da moeda única.

MRA Alliance/DN

Leave a Reply