“Guerra de divisas” assusta Brasil e estremece América Latina

O fluxo financeiro para a América Latina quase quadruplicou em 2010, totalizando 91,2 mil milhões de dólares, revela o Fundo Monetário Internacional (FMI) no seu relatório semestral.

Os fluxos financeiros privados líquidos, em 2009, totalizaram 25,1 mil milhões de dólares, contra os quase 60 mil milhões em 2008, segundo o documento publicado na quarta-feira, em Washington. Para 2011, o Fundo calcula um fluxo de capital pouco superior a 100 mil milhões de dólares.

Os fluxos de investimento financeiro na região preocupam especialmente o Brasil, que endureceu as suas taxas para dissuadir a entrada de dólares. O Brasil está preocupado com o impacto que esta entrada de capital possa ter sobre o real. 

A valorização involuntária do real em relação ao dólar faz parte de uma “guerra de divisas” no planeta, como destacou na semana passada o ministro brasileiro da Fazenda, Guido Mantega.

A queda do dólar e a valorização de outras moedas são temas que certamente dominarão a reunião semestral do FMI, que começa nesta sexta-feira.

MRA Alliance/AFP

Leave a Reply