Governo negociou com capitais árabes “investimentos” nas privatizações portuguesas

Sócrates nos Países do Golfo PérsicoTeixeira dos Santos garantiu que os contactos realizados pelo Governo no Médio Oriente foram essencialmente de “relações comerciais” e que foram discutidas “oportunidades de investimento” no âmbito do programa de privatizações já traçado pelo Executivo.

“No Médio Oriente tratámos essencialmente de relações comerciais”, afirmou o ministro das Finanças durante a conferência de imprensa que se seguiu à reunião do Conselho de Ministros. Foram discutidas, e serão analisadas, “oportunidades de investimento, nomeadamente no âmbito do programa de privatizações que o Governo já anunciou”.

Esta semana o Governo esteve reunido com responsáveis de países do Médio Oriente, como Abu Dhabi e Qatar. E foi largamente noticiado que o Executivo estaria nos Emirados Árabes Unidos para tentar vender dívida pública.

Sócrates afirmou que a venda de dívida pública não foi um tema que levou a comitiva aos Emirados. Mas sem confirmar, nem desmentir a tentativa de atrair investidores parta a dívida, Sócrates sublinhou que estas operações não se tratam de ajuda, mas sim “de investimentos”.

MRA Alliance//JdN 

Leave a Reply