Fundo de Garantia Salarial gastou mais 20 milhões do que o previsto

A Segurança Social pagou 81 milhões de euros a trabalhadores de empresas falidas que solicitaram o Fundo de Garantia Salarial, no ano passado. O valor ficou 20 milhões acima do previsto e orçamentado para este sistema de apoio, noticia a Renascença.

O Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social previa, em Setembro, que fossem apresentados cerca de 13 mil requerimentos ao Fundo de Garantia Salarial, ao longo do ano, correspondentes a uma despesa estimada entre os 55 e 61 milhões.

Todavia, o ano encerrou com cerca do dobro dos pedidos em relação a 2008, 25.385, dos quais 18.265 foram pagos. A despesa de 81 milhões de euros é contabilizada pelo Ministério do Trabalho e Segurança Social.

MRA Alliance/RTP

Leave a Reply