Fuga de militares e polícias deixa várias cidades líbias nas mãos dos manifestantes

Várias cidades na Líbia estão agora nas mãos dos manifestantes, depois de unidades militares e policiais se terem posto em fuga na sequência dos avanços dos protestos contra o regime de Khadafi.

Bengasi, a segunda maior cidade líbia, e Sirte já estão sob o controle das multidões, que pedem o fim do regime no poder desde 1969. De acordo com a Federação Internacional de Direitos Humanos, os manifestantes ganharam o controlo daquelas cidades após a retirada das forças de segurança. Segundo a AFP, a polícia também terá fugido da cidade de Zawiyah, a oeste da capital, Trípoli.

Entretanto, o jornal líbio Quryna diz, na sua edição online, que decorrem protestos em Ras Lanuf, cidade onde está sedeada uma das maiores refinarias petrolíferas do país. O mesmo jornal acrescenta que os trabalhadores formaram comités de segurança para evitar a destruição das instalações pelos manifestantes.

Entretanto, a BBC está a avançar que há rumores não confirmados de que Muammar Kadafi terá deixado Trípoli, possivelmente em direcção a Sirte, a sua cidade natal, ou em direcção à base que possui no deserto, em Sabha.

Pelas cidades líbias continua a contestação, com vários edifícios governamentais na capital a arder. Ainda de acordo com a BBC, as ruas de Trípoli estão agora calmas e sob o controle das forças de segurança, apesar de continuarem os relatos de disparos nos arredores da cidade.

Vários organismos e associação pró-regime estão a distribuir gratuitamente carne, peixe e frutos secos aos que se juntarem às manifestações em favor do presidente.

MRA Alliance/Agências

Leave a Reply