França: Sarkozy sofre maior derrota eleitoral da última década

Nicolas SarkozyA direita republicana de Sarkozy tem vindo a perder admiradores e o nível de popularidade do presidente francês nunca esteve tão baixo. A consequência? Uma dura derrota para o presidente francês nas eleições regionais, que ontem tiveram a segunda volta, confirmando o resultado da primeira ida às urnas, na semana passada.

Segundo o “Le Monde”, a esquerda venceu em quase todas as regiões – só a Alsácia votou maioritariamente à direita -, com o UMP a ficar aquém dos 30% e a abstenção de novo acima dos 50% (na primeira volta atingira os 54%).

Isto pode afectar seriamente a velocidade das reformas promovidas por Sarkozy antes das presidenciais de 2012, apesar de este insistir que o resultado das regionais não significa nada a nível nacional.

Os franceses ainda não escolheram o candidato preferido para a corrida às presidenciais, porém, estes números sugerem que os antigos apoiantes de Sarkozy preferem o primeiro-ministro, François Fillon.

Segundo o barómetro da “Paris Match”/IFOP, 36% dos franceses concordam com as políticas de Sarkozy e 47% da população considera que o presidente é “capaz de reformar o país”.

Relativamente à área político-social, 33% consideram-no bem sucedido, mas só 28% gostaria de vê-lo reeleito – contra os 43% que preferem Fillon, segundo o observatório BVA.

MRA Alliance/ionline

Leave a Reply