Fed encaixou perdas trimestrais de USD 2,7 mm/bi com activos tóxicos

O banco central norte-americano – Reserva Federal (Fed) – contabilizou prejuízos de USD 2,7 mil milhões/bilhões relacionados com a carteira de activos tóxicos do banco Bear Stearns, adquiridos em Março na sequência do acordo que patrocinou para a compra do banco pré-falido pelo JPMorgan Chase, revelou o Financial Times. O jornal britânico acrescentou ser “pouco provável que o Fed reconheça quaisquer perdas na carteira do Bear.” A autoridade monetária dos EUA comprometeu-se a não vender aqueles activos, pelo menos, durante dois anos. O Fed informou igualmente que o valor da carteira Bear Stearns caiu de USD 29,5 mm/bi para 26,8 mm/bi nos últimos três meses. MRA Dep. Data Mining

Leave a Reply