Euro já força a barreira psicológica para chegar aos USD 1,50

Dólar em queda livreMoeda única sobe na expectativa de corte de juros nos EUA. A moeda única europeia já ultrapassou a barreira dos 1,49 dólares pela primeira vez, face à especulação sobre a provável nova descida das taxas de juro nos Estados Unidos. Esta manhã, na abertura dos mercados, valorizou-se 0,27% (USD 1,4903), mas esta sexta-feira já flutuou no novo máximo histórico – USD 1,4967 – que antecipa a esperada cotação psicológica dos USD 1,50.

Se o Fed decidir descer novamente o preço do dinheiro outra vez – hoje circulam rumores de que poderá baixar até 1% – para evitar que a crise de crédito hipotecária de alto risco prejudique o crescimento económico nos Estados Unidos, pioram as perspectivas para a divisa americana e para a economia global.

A confirmar-se, a queda do dólar vai continuar e a fuga dos investidores dos activos “dolarizidos” acelerará. Significa, na prática, a confirmação de que a economia americana entrou técnicamente num período de recessão, até agora negada pelos bancos emissores e por um decrescente numero de analistas. (pvc/agências)

Leave a Reply