EUA: Soros adverte senadores para perigos da bolha energética

George SorosGeorge Soros alertou ontem o congresso americano que a subida dos preços do petróleo pode desencadear uma recessão nos Estados Unidos e acelerar um grave colapso bolsista. O depoimento foi prestado perante uma comissão do senado encarregada de averiguar o papel dos especuladores nos mercados das «commodities» e de adoptar normas mais rigorosas para a respectiva regulação. O bilionário Soros, mega-especulador nos mercados da dívida, matérias-primas e taxas de câmbio, esclareceu os senadores que a subida dos preços do «crude» não é apenas provocada por movimentos especulativos. Eles “reforçam a pressão sobre os preços”, mas são “distintamente prejudiciais” à economia, disse. Em sua opinião, a inflação do «crude» assenta na conjugação de quatro factores: 1) Encarecimento da descoberta de novas reservas; 2) Défice da oferta; 3) Subsídios aos preços dos produtos petrolíferos nos países produtores; 4) Especulação. Conjugadamente – disse Soros – todos contribuíram para a actual “bolha” que, provavelmente, só rebentará quando os preços do petróleo atingirem níveis suficientemente elevados para empurrarem a economia para uma recessão. Ontem, numa antevisão do depoimento, o Financial Times afirmou que Soros acha que “está a crescer uma bolha” nos mercados das matérias primas e que os respectivos “índices não são uma classe legítima de activos para investidores institucionais” actuarem nos mercados futuros. MRA/Agências/FT

Leave a Reply