EUA: FBI investiga empresas envolvidas na crise financeira

O FBI, a polícia judiciária estadunidense, iniciou uma investigação sobre possíveis fraudes no financiamento de hipotecas nas agências hipotecárias Fannie Mae e Freddie Mac, na seguradora AIG e no falido banco de investimentos Lehman Brothers. Dois funcionários de investigação criminal revelaram ontem que o FBI procura descobrir eventuais fraudes cometidas nas operações de crédito hipotecário que deu origem à crise subprime. As investigações centrar-se-ão nas instituições financeiras e respectivos gestores de topo. Actualmente o FBI investiga empresas e indivíduos suspeitos de terem manipulado os balanços, contribuindo para provocar a actual crise financeira. Na semana passada, o director do FBI, Robert Mueller, informou o Congresso que a polícia criminal dos EUA estava a investigar 24 empresas financeiras “de grande porte” por alegadas irregularidades. Ontem o secretário do Tesouro, Henry Paulson, e o presidente da Reserva Federal, Ben Bernanke, esbarraram com o crescente cepticismo do Congresso para a aprovação de um programa de emergência – USD 700 mm/bi – para recuperar a confiança dos mercados financeiros e evitar uma recessão. Senadores dos partidos Republicano e Democrata expressaram fortes reservas ao “Plano Paulson” recusando-se a “passar um cheque em branco” sem que estejam acautelados os interesses dos contribuintes. Políticos e analistas contestam o alcance e dimensão do programa considerando-o “vago”, “inútil” e “violador dos mecanismos de uma verdadeira economia de mercado”. MRA Dep. Data Mining

Leave a Reply