Escândalo político em Israel ameaça primeiro-ministro Olmert

O primeiro-ministro de Israel está envolvido num escândalo de corrupção. Há vários dias que se sabia que a justiça estava a ouvir Ehud Olmert, mas só ontem à noite foi divulgada a razão. Olmert é suspeito de ter sido subornado por um empresário norte-americano antes de ter chegado ao governo. O dinheiro que recebeu, alegadamente, terá servido para financiar campanhas eleitorais. Olmert confirmou que o empresário em causa, Morris Talansky, de facto financiou campanhas eleitorais e lhe deu dinheiro mas garante que nada foi feito de forma ilegal. O primeiro-ministro israelita afirmou que vai prosseguir o seu trabalho, e apenas na eventualidade de ser formalmente acusado de corrupção, se demitirá. A classe política do país pondera pedir a renúncia ou suspensão do mandato. Ehud Olmert já garantiu que não resignará. A investigação está a ensombrar as comemorações dos 60 anos do Estado de Israel. MRA/Agências

Leave a Reply